Notícias

Iguá Rio de Janeiro S.A. assina contrato para concessão do bloco 2 da CEDAE

Iguá Rio de Janeiro S.A. assina contrato para concessão do bloco 2 da CEDAE

17 de agosto de 2021

A Iguá Rio de Janeiro S.A. assinou nesta quinta-feira (12) o contrato de concessão dos serviços públicos de abastecimento de água potável e de esgotamento sanitário, referente ao bloco 2 dos ativos da Companhia Estadual de Águas e Esgotos do Rio de Janeiro (CEDAE). A partir de agora, terá início ao período de operação assistida, com duração de 6 meses, podendo ser antecipada a critério do Estado. Nessa fase, a concessionária acompanhará a CEDAE que continuará operando os serviços. Após esse período, a Iguá assumirá de forma definitiva a operação.

O bloco 2 compreende alguns bairros da zona oeste da capital fluminense: Barra da Tijuca, Camorim, Cidade de Deus, Curicica, Freguesia (Jacarepaguá), Gardênia Azul, Anil, Grumari, Itanhangá, Jacarepaguá, Joá, Pechincha, Recreio dos Bandeirantes, Tanque, Taquara, Vargem Grande, Vargem Pequena e imediações, bem como os Municípios de Paty do Alferes e Miguel Pereira.

O contrato de concessão envolve os serviços públicos de abastecimento de água potável e de esgotamento sanitário para cerca de 1,2 milhão de pessoas. Na capital fluminense, a CEDAE permanecerá sendo a responsável pela captação de água bruta e o seu respectivo tratamento. Dessa forma, a Iguá se responsabilizará pelos serviços de distribuição de água e de coleta e tratamento de esgoto. Já nos Municípios de Paty do Alferes e Miguel Pereira, na região Centro-Sul do Estado, a concessionária realizará a captação, tratamento e distribuição de água tratada, além dos serviços de esgotamento sanitário.

O contrato de concessão terá duração de 35 anos e conta com investimentos estimados de R$ 2,7 bilhões, além do pagamento de mais de R$ 8 bilhões a título de outorga (fixa e variável).

Para além dos investimentos estimados ao longo desse período, bem como o alcance das metas contratuais que contribuem para a universalização de água e esgoto, o projeto prevê outros benefícios diretos e indiretos: a conservação de mananciais, a melhoria na qualidade de vida da população, a melhoria de saúde e de bem-estar, entre outros. 

“É um momento especial. Estamos na fase de recrutamento de pessoas, de planejamento e de preparação para essa nova etapa, que com certeza marcará a nossa história e reforçará o propósito de sermos a melhor empresa de saneamento para o Brasil. Continuamos focados na aquisição de concessões e na formação de parcerias público-privadas para ganhar escala no setor brasileiro de água e esgoto”, afirma o presidente da Iguá, Carlos Brandão.
voltar